Cooperativa agrícola: entenda porque você deve fazer parte de uma

Cooperativa agrícola: entenda porque você deve fazer parte de uma

Uma cooperativa agrícola busca auxiliar os produtores rurais, atuando como intermediário entre produtores e compradores. Através de profissionais capacitados, auxiliam os produtores fornecendo um acesso maior e melhor à informação.

Tornam-se, assim, uma forma de o pequeno e médio produtor se inserir no mercado, fazendo parte de uma rede de comércio garantida pela cooperativa.

O que é uma Cooperativa agrícola?

As cooperativas, no geral, são organizações que não tem como objetivo lucros para si mesmas, e sim para os seus participantes. Ao participar de uma cooperativa, você entra em um meio que está buscando o sucesso de todos os envolvidos no processo.

Tendo como pilar a intercooperação, essa aliança auxilia os produtores rurais no processo de produção, tratamento, armazenamento, transporte e comercialização de suas produções. Essa estrutura favorece o crescimento do negócio.

cooperativa agrícola

Como funciona uma Cooperativa Agrícola?

As cooperativas agrícolas são criadas quando diferentes produtores rurais se unem com um objetivo em comum – como ampliar a produção, por exemplo, e dividem o trabalho, as funções, e o lucro ali obtido. As organizações não ficam com o lucro, fazendo com que este volte ao máximo para os produtores participantes. 

Assim, elas irão auxiliar o produtor no trabalho e na comercialização de seu produto.

Vantagens de se associar à uma Cooperativa Agrícola

Ao associar-se a uma cooperativa agrícola, os produtores rurais estão associando-se a possibilidade de mais vantagens do que teriam se trabalhassem sozinhos.

  • a produção é somada, fazendo com que essa cooperativa tenha uma grande produção, da qual o produtor rural faz parte
  • facilitação do acesso à mercados maiores e muitas vezes, ao mercado internacional.
  • o mesmo poder de voto e influência em decisões.
  • senso de comunidade forte
  • redução de gastos com transporte, a armazenamento, tratamento.
  • mais direitos para o trabalhador rural, como acesso ao INSS e ao décimo terceiro.

A associação é benéfica independente do tamanho da sua produção. O pequeno e o médio produtor rural são os que mais tem a ganhar ao formarem e participarem de cooperativas, se aproveitarem essa oportunidade para se fortalecerem e se consolidarem no agronegócio.

cooperativa agrícola

Desvantagens da Cooperativa Agrícola

Ao ser associado de uma cooperativa, existem certas taxas a serem pagas. Como você está participando de uma organização, as taxas serão aplicadas para pagar os funcionários da cooperativa – nas cooperativas agrícolas, é essencial a presença de profissionais extremamente qualificados – e os demais custos que são gerados por uma empresa.

Entretanto, o que é arrecadado através dessas taxas e não é utilizado, retorna aos associados.

O produtor deve avaliar as taxas, mas, em geral, valem a pena.

Cuidados a serem tomados ao associar-se à uma Cooperativa Agrícola

Antes de se tornar um associado, existem alguns cuidados a serem tomados. É extremamente necessário conferir se a cooperativa realmente existe. Ir até o local, ver o estatuto da companhia, procurar referências de produtores que participam ou já participaram da cooperativa.

Em cooperativas menores, corre o risco de pessoas quererem se passar por empresas que não existem. Por isso existe a necessidade de conferir os detalhes. 

Em cooperativas grandes, o risco de as informações não serem reais é bem menor. Por já ter uma grande rede de associados e ter nome no mercado, essas companhias são mais seguras em relação à complicações jurídicas. Porém, o acesso pode ser mais difícil, por ser mais burocrático e ter mais participantes.

Cooperativas agrícolas mais conhecidas

As cooperativas agrícolas são responsáveis por quase 50% do PIB agropecuário brasileiro. Grandes companhias, como a Coamo, a Agrária e a Castrolanda, entram nos rankings de maiores empresas do agronegócio brasileiro, sendo essas especificamente do estado do Paraná.

São empresas formadas por pequenos e médios produtores, que, por apoiarem uns aos outros, criam uma rede de comércio fixa e confiável, promovendo o crescimento mútuo para todos os cooperados.

cooperativa agrícola

Como formar uma cooperativa?

Se na região não existe uma cooperativa, a união e criação de uma pode ser algo extremamente benéfico não só para os produtores, mas para a sociedade ali presente. É comprovado que as cooperativa aumentam o lucro de toda a região, assim como a qualidade de vida.

Se surgiu um interesse em criar a sua própria cooperativa, existem alguns passos necessários a serem tomados:

  1. Juntar um grupo de pessoas
  2. (produtores rurais, administradores de agronegócios, contadores) que esteja interessado em participar da cooperativa
  3. Conferir os aspectos legais que são necessários.
  4. Elaborar o estatuto da Cooperativa.
  5. Traçar os objetivos e as metas, colocando um prazo para realizá-los.
  6. Buscar uma empresa de consultoria para auxiliar o processo.
  7. Manter os objetivos e continuar procurando mais pessoas para participarem da cooperativa.

Após todos os passos, continue procurando profissionais que façam sua cooperativa crescer!

Confira também:

O SEBRAE, além de informações, possui programas visando o bem estar e o crescimento do produtor rural. Confira os links abaixo para maiores informações.

Como criar uma cooperativa?

Para que serve uma cooperativa?

Saiba tudo sobre o GPS Agrícola
8 tecnologias que mudaram as atividades no campo
Entenda tudo sobre Drones na Agricultura
MAIS PUBLICAÇÕES
2018-08-20T22:50:34+00:00 0 Comments

About the Author:

Leave A Comment